quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Pequenas coisinhas

01
O caracol é um cu ambulante.

02
Vamos trocar o verso:
“OSREV!”

03
Verso versa vencido
Cantando, gritando, perdido.

04
A arma engatilhada: Fudeu a alma!

05
O calendário repetitivo estampava flores em maio e uma pequena ponte em abril.
O calendário repetitivo estampava filhotinhos em maio e um moinho em abril.

06
O falo agita a calma.

07
As unhas ruídas até a raiz,
Mal feitas, cerradas, sangrando.

08
Quando olhamos o passado
Viajamos no mundo interno
Agimos como um homem caçado.

09
Quem no ônibus embarca
Arca com a conseqüência
De na barca incongruência.

10
O brilho do sol queima as retinas do olho do ovo cru, assando na calçada.

11
O urubu deu um rasante onírico ao redor da carniça. Circulando e rodando e abaixando o bico a procurar, o olho mais podre, o ânus cheio de odores.

12
Rasteja a cobra indo embora
Com a língua venenosa a sibilar
Dobrando o corpo, subindo a tora
Do pau morto, onde é seu lar.

13
Uma do par de pernas expostas na calçada apresentava o rasgo na coxa. Em brasa, chamava os olhos do transeunte que passava. Do lado, uma caixinha velha de papelão com moedas douradas, prateadas e cobres. Cobra!, o ingresso do show o mendigo de mão estendida, cara perdida, alma vencida.

14
O vento acende as bandeirolas trançadas no céu, compondo com o veludo negro um mar de véus tremulantes.

15
A lua é o olho do peixe das profundezas abissais das águas negras do universo.
As estrelas são escamas brilhantes dos que nadam nesse alto-mar.

16
Travesso, quebrei a travessa.

17
A saia florida escondia as úmidas pétalas da menina.

18
Risquei um círculo torto, trêmulo, tremendo traço errado, cansado, casado com desgosto, sem arte, sem posto.

4 comentários:

Pikachu Sama disse...

“OSREV!”
Muito bom!! Ta legal!!

D disse...

05
O calendário repetitivo estampava flores em maio e uma pequena ponte em abril.
O calendário repetitivo estampava filhotinhos em maio e um moinho em abril.

lindo,,, de uma poesia rara!

D disse...

pronto,
salvei a pagina toda pra ler em casa
(estou na casa do pedro)

Lucas C. disse...

coisinha 06.
06.